Piso Laminado

of 23 /23
PISO LAMINADO TÉCNICAS CONSTRUTIVAS II Alessandra Nardini Camila Companhoni Camila Stivanin Daniel Azambuja Emanuela Rizzotto

Embed Size (px)

Transcript of Piso Laminado

  • PISO LAMINADO T C N I C A S C O N S T R U T I VA S I I

    Alessandra Nardini

    Camila Companhoni

    Camila Stivanin

    Daniel Azambuja

    Emanuela Rizzotto

  • COMPOSIO

    Balano a parte inferior do piso, responsvel pela sua estabilizao e pela resistncia

    do produto umidade. Geralmente composta de um material mais malevel.

    Substrato Composta em geral de compensado de alta densidade como o HDF (placa de

    fibra de alta densidade), a camada do piso responsvel por dar resistncia a

    impactos, alm de ser onde se encontram os encaixes para instalao.

    Lamina decorativa a camada que decorativa que dar o aspecto ao piso laminado.

    Essa camada pode ser impressa ou um filme de madeira, dependendo do fabricante ou

    da linha do piso escolhida. a camada que ir variar entre os diferentes modelos de piso.

    Overlay a camada superior, uma espcie de pelcula sobre a lmina decorativa,

    porm com alto ndice de resistncia abraso, que dar a proteo contra riscos e

    arranhes ao revestimento.

  • ESPECIFICAO DO PISO

    Observaes

    Nvel 5 = bom... Nvel 1 = ruim.

    Exemplos de reas de uso

    Residencial: 22 (mdio) = quarto, sala de

    estar;

    23 (alto) = sala de jantar, hall de entrada

    residencial, corredores

    residenciais, escritrios residenciais.

    Comercial: 31 (baixo) = quartos de hotel,

    salas de reunio, escritrios pequenos

    (ambientes fechados);

    32 (mdio) = salas de aulas, corredores,

    escritrios mdios (ambientes fechados), salas

    de espera e de conveno em hotis, lojas e

    galerias (shoppings);

    33 (alto) = corredores, lojas de departamento,

    escolas, halls de hotis e flats, escritrios

    grandes (ambientes abertos), salo de danas. fonte: NBR 14833 1 e 2

  • INSTALAO RECEBIMENTO - CHECAGEM -ARMAZENAMENTO

    preciso conferir a quantidade, linha e padro entregue de piso e acessrios, confirmando com o documento de compra.

    Pisos e acessrios devem ser estocados sempre na horizontal, em local protegido da ao de gua (goteiras, eventuais vazamentos e tubulaes em execuo/teste, gua de lavagem e chuva etc.), longe de janelas, portas, fontes de umidade e calor.

    Os rolos de manta devem ficar na horizontal.

    Cuidados devem ser tomados para no danificar os encaixes ou faces do piso.

    A cola deve ser armazenada em ambiente ventilado, sem incidncia de sol, e com ateno para o prazo de validade.

  • INSTALAO PREPARAO DO AMBIENTE

    Verifique se h irregularidades no contrapiso, como buracos ou salincias acima de 3 mm em uma extenso de at 1,5 m, ou cimentado que esteja quebradio ou com areia solta. Caso seja essa a situao, a correo deve ser feita.

    Para verificar a umidade, basta colar um plstico no contrapiso com fita adesiva em toda sua extremidade e esperar 24 horas. Repita este procedimento em todos os ambientes em que o piso ser instalado. Se aps esse perodo o plstico apresentar pequenas gotas dgua de condensao ou escurecimento da superfcie, o contrapiso tem umidade e, portanto, deve ser impermeabilizado por um profissional especializado.

    Recomenda-se tambm a verificao de umidade na parede. Indcios como massa soltando ou batente podre podem ajuda-lo da constatao de excesso de umidade do ambiente.

    No recomendada a instalao de piso laminado em locais com umidade.

  • INSTALAO CONTRAPISO

    O piso laminado pode ser instalado em ambientes com pisos de madeira, vinil, cermica, pedra e cimento, lembrando que o mesmo deve estar isento de irregularidades e umidade.

    No se deve instalar o piso sobre carpete txtil (forrao ou outros) ou algum tipo de piso flutuante.

    No se deve instalar o piso diretamente do contrapiso, seja ele qual for, devem ser utilizadas mantas conforme especificaes.

  • INSTALAO PLANEJAMENTO

    A instalao do piso laminado deve ser uma das ltimas etapas da obra;

    Deve ser feito um planejamento antes de comear a instalao, o que ir garantir maior aproveitamento do tempo e de material.

    O sentido da instalao deve ser decidido com o cliente, pois tem uma influencia significativa na aparncia do piso instalado. A quantidade de piso necessria depende do sentido da instalao e da planta do ambiente. De acordo com esses itens haver maior ou menor perda de piso.

    Sentido longitudinal / transversal: perda de aproximadamente 7%.

    Sentido diagonal: perda de aproximadamente 10%.

    Sentido Longitudinal Sentido Transversal Sentido Diagonal

  • CLCULO DA QUANTIDADE DE PISO

    O piso e as mantas podem ser calculados pela rea, considerando para o piso a perda do

    sentido de instalao. Os rodaps podem ser

    calculados pelo comprimento linear.

    Uma das marcas pesquisadas dispe em seu site um aplicativo para clculo da quantidade.

    Aps inserir os dados o site apresenta a quantidade de caixas de piso laminado, a

    quantidade de rolos de manta e a quantidade

    de barras de rodap necessrios.

  • INSTALAO AMARRAO

    Ao planejar o desenho para instalao, a amarrao (distncia do topo de uma rgua a outra) deve ser de no mnimo 1/3 do comprimento da rgua.

    Evite que, no sentido da largura, haja uma fileira de rguas com dimenso inferior a 5 cm ou, no sentido do comprimento, um pedao menor que a largura de uma rgua.

  • INSTALAO MANTAS MANTA LISA

    A manta lisa tem a funo de reter eventual umidade e de absorver irregularidades do contrapiso at 3mm em uma extenso de at 1,5m.

    Em qualquer tipo de ambiente a ser instalado preciso fazer a limpeza e em seguida colocar a manta.

    A manta deve ser sobreposta pelas abas plsticas e colocada em toda sua extenso por meio de seu adesivo.

    Deve-se tomar cuidado com pontos sem a colagem pois podem facilitar a ascenso de umidade eventual.

    Junto as paredes deve-se deixar 1cm de manta sobrando.

    A manta deve ser colocada no sentido contrrio ao sentido do piso a ser instalado.

    Os rolos devem ser armazenados na horizontal para evitar deteriorao das bordas.

  • INSTALAO MANTAS MANTA ACSTICA

    Manta de alta densidade, com espessura de 1mm, que ao ser instalada junto ao piso, resulta em reduo significativa de rudos e maior conforto acstico nos ambientes.

    Em pisos trreos, com o ambiente preparado para a instalao do piso laminado (isento de umidade, sujeira e irregularidades), coloque um filme plstico sobre o contrapiso, que servir como proteo contra possvel umidade. A partir do 1 andar, no h necessidade de usar o filme plstico.

    Coloque as placas da manta acstica lado a lado, de forma a no deixar espao entre elas. Corte os excessos das placas caso a medida da manta exceda o espao onde ser instalado o piso laminado. Para instalao sobre a manta acstica, mesmo que o encaixe seja Click, deve-se passar cola no verso do piso.

  • INSTALAO NICIO ESPAO DE DILATAO ENTRE PISO E PAREDE

    Retirada do Encaixe: A instalao deve comear com o encaixe macho da rgua voltado para a parede. Para que o encaixe macho no ocupe o espao para dilatao na parede, este deve ser retirado com serra circular ou tico-tico.

    Espaadores: A aplicao do piso comea colocando 2 pares de espaadores no sentido do comprimento da rgua e 1 par na largura, entre a rgua e a parede, para garantir o espao de dilatao de 15mm.

    Em caso de piso colado, o espaador s deve ser retirado aps 12 horas.

    Obs.: Evite utilizar pedaos de piso para espaamento, mas se isto for necessrio, no se esquea de retir-los antes de colocar os rodaps, do contrrio poder haver estufamento do piso.

  • INSTALAO BARRA E BLOCO BATENTE

    A Barra deve ser utilizada sempre que a rgua estiver prxima da parede: como o espao pequeno, a Barra possibilita a trao para a unio das rguas.

    Na fileira em que estiver sendo feita a instalao, deve

    ser usado o Bloco Batente, o qual uma pea de

    plstico de alta resistncia a impacto, que dever ser

    apoiado no encaixe fmea e martelado para o

    encaixe da outra extremidade da rgua.

  • INSTALAO SISTEMA CLICK

    O encaixe Click um sistema que no utiliza cola para a unio das rguas.

    Para iniciar a instalao, no sentido longitudinal, deve-se encaixar a rgua a ser instalada em um ngulo entre 20 e 30, introduzindo o macho na fmea da rgua j instalada, e abaix-la com as mos.

    Para o encaixe no sentido transversal, preciso utilizar o bloco batente com o martelo. Nunca use o martelo diretamente na rgua, nem chute os topos. Use sempre o Bloco Batente.

    Caso as rguas no se encaixem perfeitamente pode ser usado um martelo de borracha, batendo-o levemente sobre a rgua.

  • INSTALAO COM COLAGEM DOS ENCAIXES

    As 4 primeiras fileiras devem ser cortadas e encaixadas, mas no coladas. As rguas s devem ser coladas aps a verificao do esquadro e alinhamento.

    A cola deve ser aplicada sempre no encaixe macho, envolvendo toda sua extenso.

    importante no deixar pontos sem cola para evitar aberturas, inchamentos e rudos.

    Para algumas linhas necessrio o uso de cintas para travamento, elas devem ser utilizadas aps a colagem das quatro primeiras fileiras.

    O uso das cintas aconselhvel sempre que o servio de instalao for interrompido, para que seja mantida a presso entre as rguas.

  • INSTALAO CORTE DA LTIMA FILEIRA

    Caso seja preciso cortar a ltima fileira de rguas, coloque duas rguas com a fmea virada para a parede, uma em cima da penltima rgua e a outra posicionada junto parede com um par de espaadores. Marque a rgua inferior e depois corte.

    Quando houver batente no ambiente, iniciar pelo mesmo.

    Obs.: Esta ltima rgua, por no ter uma parte do encaixe, dever ser colada, mesmo que o encaixe seja Click.

  • INSTALAO COM COLAGEM DOS ENCAIXES - SECAGEM

    Para terminar a instalao, depois de colada a ltima rgua, devem ser colocadas as cintas.

    Em seguida, coloque os espaadores na ltima fileira e deixe secar por 12 horas.

    Obs.: recomendada a aplicao do silicone como selante junto base de acessrios instalados nas passagens para reas midas.

  • INSTALAO RODAPS

    Os rodaps podem ser fixados logo aps a retirada dos espaadores.

    Podem ser fixados com parafuso de cabea chata 50 mm e bucha n 5, ou com prego de ao 10x10mm sem cabea, ou ento colado.

    Para emendas de barras de rodap em uma parede, as barras devem receber um corte de 45 na extremidade e ento serem encaixadas at que uma cubra perfeitamente a outra, aps devem ser fixadas parede.

    Para emendas 90 (cantos) ambas as barras devem ser cortadas 45 e encaixadas no canto.

  • INSTALAO ESCADAS

    Para instalao em escadas de concreto deve ser utilizada uma mistura de cola com p de serra. Para escadas de madeira necessria apenas a cola.

    Perfil Frontal de Escada: O Frontal de Escada MDF fixado por meio de um sistema de encaixe, ou seja, por um trilho metlico em formato de U, fixado ao contrapiso com parafusos escareados de cabea chata e buchas. Para arrematar a juno degrau/espelho e escada/parede, utilize a Cantoneira.

  • PERFIS DE ACABAMENTO PERFIL T

    Se o local da instalao for mais largo ou mais extenso que 8 m (ou maior que 64 m), preciso colocar o Perfil T no sentido da largura, no centro do ambiente.

    O Perfil T deve ser instalado em todas as passagens de ambiente e vos de portas.

    O espao para dilatao de cada lado do perfil deve ser de 10 mm.

    Instalao: Para perfis em MDF, fixe o trilho metlico, que acompanha o Perfil T, com parafusos escareados de cabea chata e buchas. Em seguida, encaixe o perfil nesse trilho metlico.

  • PERFIS DE ACABAMENTO PERFIL REDUTOR

    Para fazer passagens de nvel entre o piso laminado e outros pisos de diferentes espessuras, utilize o Perfil Redutor, mantendo sempre o espao para dilatao de 10 mm.

    Instalao: Para perfis em MDF, fixe o trilho metlico que acompanha o Perfil Redutor com parafusos escareados de cabea chata e buchas. Em seguida, encaixe o perfil nesse trilho metlico.

  • LIMPEZA E MANUTENO

    Deve ser utilizado aspirador de p ou vassoura de cerdas macias.

    recomendado o uso de um produto especial para limpeza de

    pisos laminados, que deve ser

    aplicado com pano levemente

    umedecido em gua e bem

    torcido, no sentido da textura.

    Nunca use objetos metlicos, pontiagudos ou abrasivos.

    Nunca utilize cera no piso laminado.

  • DESCARTE

    O piso laminado um produto reciclvel. Caso seu direcionamento no seja o reaproveitamento, ao final de sua vida til ele deve ser direcionado a um aterro Classe II B

    (material inerte), assim como as sobras de instalao.

    Depois de instalar o produto, envie a embalagem para o local de reciclagem mais prximo.