Teorias da Personalidade Maria Aparecida Junqueira Zampieri Unorp 2010.

of 26 /26
Teorias da Personalidade Maria Aparecida Junqueira Zampieri Unorp 2010

Embed Size (px)

Transcript of Teorias da Personalidade Maria Aparecida Junqueira Zampieri Unorp 2010.

  • Slide 1
  • Teorias da Personalidade Maria Aparecida Junqueira Zampieri Unorp 2010
  • Slide 2
  • CULTURALISMO
  • Slide 3
  • ADLER FROMM HORNEY SULLIVAN Representantes
  • Slide 4
  • 1900-1980 Frankfurt, Alemanha Muralto, Suia Naturalizado americano (1933) Sociedade sadia a que corresponde
  • Slide 5
  • Slide 6
  • Slide 7
  • Slide 8
  • Histrico Nasceu em Frankfurt, judeu Estudou Psicologia e Sociologia (Frankfurt) USA 1933 (1a. vez)
  • Slide 9
  • Tinha apenas 14 anos e ainda morava na Alemanha quando explodiu a 1 Guerra Mundial (1914/18). Com a subida de Hitler ao poder, Fromm se estabelece nos Estados Unidos - universidades de Yale, Nova Iorque, Colmbia e Michigan.
  • Slide 10
  • PERSONALIDADE RESULTADO DE FATORES CULTURAIS E BIOLGICOS -CONTRASTAVA COM A TEORIA DE FREUD, QUE PRIVILEGIAVA, PRINCIPALMENTE, OS ASPECTOS INCONSCIENTES DO PSIQUISMO. Fromm estudou principalmente a influncia da sociedade e da cultura no indivduo
  • Slide 11
  • Ruptura com pensamento de Freud Obra polmica e das mais influentes do sculo 20 Em 1941, j famoso, publica "O Medo e a Liberdade", livro que faz uma interpretao scio-psicanaltica do movimento nazista. "A sociedade s" e "A Arte de Amar "A misso de Sigmund Freud "O homem por si mesmo" "Budismo zen e psicanlise" "Anatomia da destrutividade humana"
  • Slide 12
  • Fromm faz uma anlise psicolgica cuidadosa dos povo alemo no perodo-guerras e dos principais lderes do movimento nazista, sempre destacando fatores scio-econmicos e culturais relevantes. Considera as principais abordagens sobre o fenmeno nazista. Discusso - Faz um estudo dos diversos fatores que interagem naquele contexto do ps-guerra e do Tratado de Versalhes citando freqentemente a auto-biografia de Hitler como uma referncia de sua personalidade.
  • Slide 13
  • Doutor em filosofia, Fromm estabeleceu um relacionamento entre o marxismo e a psicanlise Sucesso psicologia, religio, sociologia, publico em geral
  • Slide 14
  • Tema principal Isolamento humano Paralelamente liberdade que o homem tem conquistado - cada vez sente-se mais solitrio
  • Slide 15
  • Homem A compreenso do psiquismo humano deve basear-se nas necessidades que tem sua origem nas condies de vida humana 1955
  • Slide 16
  • Homem Parte da natureza (Animal) Necessidades fisiologicas Separado da natureza (Humano) Autocsc Razo Imaginao
  • Slide 17
  • Necessidades humanas (implantadas na natureza humana pela evoluo) Relacionamento (amor produtivo cuidado mutuo, responsabilidade, respeito e compreeenso) Transcendncia necessidade humana de superar sua natureza animal Segurana - pertencimento Identidade original, diferente como Orientao quadro de referencia p entender o mundo
  • Slide 18
  • Relao sociedade/existencia do homem Personalidade desenvolve de acordo com oportunidades que a sociedade oferece Ajustamento compromisso entre as necessidades interiores e exigencias externas
  • Slide 19
  • Relao sociedade/existencia do homem Ex: Sociedade capitalista: Se o H desenvolver: Senso de identidade pessoal rico Sentimento de segurana empregado de confiana da empresa
  • Slide 20
  • Desenvolvimento do carter da ca Essencial que seja formado para atender s necessidades da sociedade Ex: Socied capitalista: economizar para expandir Sistema de crdito: sentir obrigao de pagar
  • Slide 21
  • Tanto capitalismo como comunismo Procuram transformar o homem num rob Escravo do salrio Um nada Levando-o no raro insanidade Conduta anti-social Auto- destruio
  • Slide 22
  • A sociedade doente Quando no consegue satisfazer as necessidades bsicas do homem
  • Slide 23
  • Quando a sociedade muda Produz deslocamentos no carater social do povo (adaptao ou - alienao e desespero) Ex: Feudalismo capitalismo Sistema industrial
  • Slide 24
  • Proposies de Fromm O H. possui natureza essencial e inata A sociedade criada pelo H p tornar possivel a concretizao dessa natureza At agora nenhuma socied conseguiu satisfazer todas as necessid bsicas do H possivel criar tal sociedade:
  • Slide 25
  • Socialismo comunitrio humanista Sociedade perfeita (1955) o H. ama seu semelhante A ele se prende por laos de fraternidade e solidariedade Uma socied que lhe proporciona a possibilid de transcender a natureza Pela criao (e no pela destruio) Em que cada 1 toma csc de si mesmo Pelo exercicio de seus poderes pessoais (e no pela conformidade) Existe um sistema de orientao e devoo Sem q o H precise distorcer a realid e adotar idolos
  • Slide 26
  • Socialismo comunitrio humanista Sociedade perfeita (1955) Oportunidade de tornar homem plenamente No haveria lugar para: Solido Sentimentos de isolamento Desespero O H. encontraria um novo lar para a situao humana